Estresse x Queda de cabelo


O estresse possui forte influência no ciclo capilar, antecipando a fase de queda (telógena) e prolongando-a, o que chamamos de Eflúvio Telógeno. Nessa condição, há um aumento da queda diária dos fios de cabelo e, em geral, isso ocorre de forma transitória, ou seja, tende a melhorar espontaneamente, mesmo sem qualquer tratamento. Entretanto, sabemos que ninguém aguenta ficar de braços cruzados esperando essa fase passar.


Se você sofre com esse tipo de queda de cabelo, o primeiro passo é não se desesperar... afinal, se estressar ainda mais, não vai ajudar! O segundo passo é procurar um dermatologista, que é o profissional mais capacitado para avaliar e tratar as afecções capilares. Na consulta, além da avaliação ao olho nu, realizamos exames como a tricoscopia e o pull test, os quais aumentam a acurácia do diagnóstico. Também podemos contar com exames laboratoriais que são complementares para guiar no tratamento. O tratamento pode ser feito com medicações tópicas e orais em casa. Sem contar que ainda podemos combinar com procedimentos como o MMP, que é um ótimo aliado no estímulo capilar, quando se trata de queda de cabelos!


Não sofra por antecipação, procure seu dermato de confiança!




Pauline Lyrio Dermatologia - Vitória - ES

Tel.: (027) 3029-2222

WhatsApp: (027) 99707-0222

https://www.paulinelyrio.com.br