Peeling Químico x Peeling Físico


peeling


Hoje em dia o que não faltam são opções de tratamento para o rosto. Entre todos eles, um dos mais procurados é peeling, tanto físico, quanto químico. As duas técnicas desse procedimento dermatológico têm a finalidade de promover uma renovação celular por meio da descamação. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ No entanto, eles têm funções diferentes, você sabia?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O peeling químico pode ser indicado para quem sofre com oleosidade excessiva, manchas, acne, cicatrizes leves, rugas finas e fotoenvelhecimento. A profundidade da pele atingida vai depender do ativo utilizado e do objetivo do tratamento. Entre as substâncias mais comuns estão o ácido retinóico, solução de jessner, ácido salicílico, ácido tricoloroacético e fenol. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Já o peeling físico como o peeling de cristal e de diamante, tem ação mais superficial com efeito de esfoliação que favorece a renovação da pele e aumenta a penetração de substâncias, podendo ser usado de forma isolada ou combinada com os peelings químicos. É recomendado para auxiliar no tratamento de cravos no rosto e estrias.


Saiba mais sobre peeling em: https://www.paulinelyrio.com.br/peeling




Pauline Lyrio Dermatologia

Tel.: (027) 3029-2222

Whatsapp: (027) 99707-0222

https://www.paulinelyrio.com.br