O que 4 anos de estresse podem fazer com a sua pele


estresse pele

Este é Evgeny Kobytev, à esquerda, no dia em que foi à guerra e, à direita, 4 depois que ele voltou.


Que todos nós envelheceremos não há dúvidas mas o estresse pode acelerar esse processo, gerando impactos significativos na nossa face.


Quem aí também sentiu diferença ao olhar suas fotos anteriores, especialmente pós pandemia? Você também teve essa sensação de ter envelhecido mais rápido nesses quase 3 anos?


É claro que o soldado apresenta-se mais emagrecido na foto da direita, com evidente consumo dos coxins de gordura da região malar o que o deixa com a feição de mais envelhecido. Mas é importante ressaltar que o estresse crônico pode levar a liberação de substâncias deletérias para nossa pele alterando o viço, brilho e a elasticidade, favorecendo o surgimento de rugas.


Aliado a isso, estar estressado facilita o surgimento de hábitos ruins, como franzir mais a testa e fazer a expressão de bravo, tendendo a deixar mais rapidamente as marcas fixas com o tempo.


Nossa face reflete o que vivenciamos no nosso dia a dia. Essa imagem comprova o quão deletério o estresse pode ser para a nossa pele