Peeling Químico



peeling químico

O peeling químico consiste na aplicação de ácidos específicos sobre a pele, os quais promovem a destruição das camadas mais superficiais da pele, levando à sua regeneração, obtendo-se, assim, uma melhora global da pele.

Durante esse processo, as camadas mais profundas da pele são estimuladas a produzir colágeno, originando uma pele mais iluminada, macia, lisa e firme.

Os peelings químicos são indicados para reduzir rugas, poros, cicatrizes, manchas, estrias, acne, ou simplesmente para promover uma renovação celular.

De acordo com a substância utilizada e sua concentração, os peelings se classificam como superficiais, médios e profundos. Após avaliação, o dermatologista irá indicar aquele peeling que for mais adequado para cada caso específico.