Reportagem sobre harmonização facial em Vitória ES com Dra. Pauline


Harmonização facial em Vitória ES

Matéria para a qual Dra. Pauline contribuiu para @agazetaes na semana passada sobre harmonização facial, tema tão badalado na mídia atualmente. Nela, esclareço vários pontos que talvez você ainda não saiba sobre harmonização facial (preenchimento com ácido hialurônico). Vale a pena conferir no site!

É muito importante conhecer sobre os benefícios da harmonização facial (preenchimento), porém é fundamental escolher um médico dermatologista capacitado e com bom senso estético para execução desse tratamento!


Confira a matéria completa clicando AQUI.



1- O que é a harmonização facial?


Harmonização facial nada mais é do que um procedimento minimamente invasivo, ou seja, sem cirurgias, cujo intuito é realizar o preenchimento estratégico do rosto com ácido hialurônico, visando melhorar a harmonia de toda a face.


O que temos observado é que nem todos os procedimentos ditos harmonização facial realmente conferem um equilíbrio e harmonia para a face tratada. É válido ressaltar que há uma linha muito tênue entre aprimorar as características anatômicas de uma pessoa e o ato de transformar um indivíduo em outro, muitas vezes provocando, até mesmo, verdadeiras deformidades.


2 - A harmonização facial é uma tendência que vai na contramão do exagero de intervenções que acabam, muitas vezes, até deformando a face?


Além de escolher um dermatologista que domine uma boa técnica e tenha muito bom senso estético, o segredo para se obterem resultados mais naturais é apostar em procedimentos que estimulem o colágeno, como é o caso dos bioestimuladores de colágeno, fios de PDO e tecnologias de ultrassom microfocado. Dessa forma, com a pele menos flácida é possível poupar maiores volumes de ácido hialurônico e ainda obter uma pele mais firme a longo prazo.


3 - Quais são os segredos para ter um efeito natural?


Acima de tudo é fundamental que o médico conheça e respeite a anatomia de cada indivíduo. Além disso, deve-se procurar um médico qualificado e experiente para realizar a harmonização facial. Na consulta de avaliação, antes de realizar o procedimento, o médico faz a avaliação anatômica do paciente e conversa com ele para saber quais são os pontos da face que o paciente gostaria de ver melhorados, realçados, e o que incomoda. Após isso, o médico monta um diagnóstico e um plano de tratamento levando em consideração o desejo do paciente e, claro, a anatomia de cada indivíduo, que deve ser respeitada, de modo que seja respeitada a individualidade de cada pessoa, aprimorando-se os traços já existentes, sempre preservando ao máximo e estrutura anatômica do indivíduo.

Outra dica, como já citado, é optar por procedimentos que estimulem o próprio organismo a produzir colágeno e, assim, evitar grandes volumes de ácido hialurônico. Quando houver indicação de aplicação de maior quantidade de volume de preenchimento, é recomendável optar por fracionar o tratamento em algumas sessões, por etapas, aplicando-se poucas seringas de ácido hialurônico por sessão, de modo a se alcançarem gradativamente resultados melhores, sem perder a naturalidade.


4 - Como conseguir um rosto mais harmônico no preenchimento facial?


Deve-se respeitar a individualidade de cada pessoa, aprimorando os traços já existentes, sempre visando preservando ao máximo e estrutura anatômica do individuo.


5 - O objetivo é valorizar a beleza natural de cada paciente, realçando os pontos fortes e “escondendo” as imperfeições?


O objetivo do tratamento com os preenchedores é exatamente extrair e valorizar que há de melhor de cada pessoa, trazendo à tona seus pontos positivos e disfarçando os pontos negativos, sem perder a naturalidade.


6 - Quais são os tratamentos mais indicados para deixar o rosto mais harmônico?


O uso prudente e equilibrado de preenchedores à base de ácido hialurônico ainda é a melhor ferramenta para poder devolver contornos e volumes perdidos pelo envelhecimento da face.

Com o tempo, sofremos perdas de coxins de gordura, reabsorção de osso e, até mesmo, perdas musculares. Quando há perdas volumétricas, o ácido hialurônico ainda é o procedimento de alta eficácia mais seguro para reposicionamento das estruturas.


Sessões com aplicações de Bioestimuladores de colágeno, como ácido poli-L-lático e hidroxiapatita de cálcio, podem estimular o próprio organismo a produzir colágeno e, assim, conferir maior firmeza e sustentação para aplicação posterior de preenchedores à base de ácido hialurônico.


Também são indicadas sessões de Ultrassom microfocado, que é uma tecnologia capaz de realizar microzonas de coagulação térmica, gerando pontos de contração da fibras do SMAS, uma faixa de fibras que recobre o músculo nas camadas mais profundas da pele da face, que proporcionarão estímulo de colágeno e efeito lifting, que, a exemplo dos Bioestimuladores de colágeno, também será um efeito valioso para preservar preenchimento na face.


7 - É importante compreender que é preciso respeitar a anatomia de cada um? Como?


Com a banalização dos procedimentos estéticos, é importante compreender que não é tão simples quanto parece sair preenchendo indiscriminadamente. O domínio da anatomia pelo profissional é fundamental para guiar o tratamento com mais segurança e, acima de tudo, preservar os traços individuais de cada paciente. Para isso, deve-se sempre procurar o profissional da área médica, que, por sua vez, deve estar capacitado e qualificado no campo da Cosmiatria, para execução de procedimentos estéticos com excelência e muito bom senso. É válido procurar por aqueles que estejam em constantes atualizações, especialmente, em cursos de anatomia.



8 - O primeiro passo é a documentação fotográfica de qualidade, de preferência com o uso de tecnologia em 3D, que mostre realmente a face de uma maneira global?


Documentar com fotos ou vídeos de qualidade, antes e depois de executar a harmonização facial, é fundamental. Se puder ser realizado com tecnologia 3D é ainda mais interessante pois sabemos que nas fotos as duas dimensões ficam bastante limitadas e nem sempre são capazes de retratar de forma fiel todos os aspectos dos resultados obtidos.


9 - Também é feita uma avaliação geral do estado da pele, incluindo aspectos como a flacidez facial, além de uma análise da saúde do paciente, para checar se ele pode ser submetido a esses procedimentos? O que é checado?


Antes de qualquer procedimento, o paciente deve passar por uma anamnese bem detalhada com todas as informações pertinentes à saúde atual e pregressa do paciente. Nesse momento, é conferido o histórico de procedimentos realizados anteriormente, existência de doenças, alergias, o uso de medicações, se é tabagista etc.

Depois disso, o indivíduo deve ser avaliado como um todo e não somente no quesito volume facial, pois existem inúmeros quesitos que podem influenciar no aspecto envelhecido da face e impactar nos resultados de uma harmonização facial.


O grau de flacidez da pele e o padrão da força da musculatura da mímica facial, por exemplo, devem ser levados em conta quando estamos pensando em tratar a face com preenchedores.


Existem áreas que precisam sofrer relaxamento muscular com toxina botulínica para otimizar os resultados do preenchimento.

O tratamento das rugas da glabela (entre as sobrancelhas), das rugas de marionete (cantinho de boca triste), do queixo, por exemplo, são regiões que muitas vezes exigem um certo grau de paralisação da musculatura ali presente para poder utilizar menores doses de preenchimento.


Além disso, a depender de como está a pele e como está a anatomia do paciente, o dermatologista escolherá estrategicamente qual o tipo de ácido hialurônico e posição onde será colocado o produto.



10 - Quais cuidados é preciso ter?


Primeiramente, conferir se o profissional com quem irá realizar o preenchimento é qualificado. e se o local possui estrutura adequada e alvará da vigilância sanitária para realização desses tipos de procedimentos injetáveis.


Afinal, preencher de qualquer jeito não é difícil. Contudo, preencher adequada e corretamente é difícil e exige muita técnica e capacitação do profissional.



11 - Existe um número exato de ampolas a serem usadas?


Não existe um número exato de seringas de ácido hialurônico a serem utilizados pois cada indivíduo é único e possui necessidades específicas de acordo com sua anatomia.


A quantidade de seringas vai variar de acordo com o grau de envelhecimento e às perdas volumétricas apresentadas no momento da avaliação. É importante ressaltar que não há um número máximo, mas que se deve ter muito bom senso e saber que o ideal é fracionar em mais sessões quando o volume de seringas for muito grande, visando alcançar gradativamente resultados melhores, sem perder a naturalidade.


12 - O recomendado é que os procedimentos sejam feitos somente na fase adulta? Por quê?


Idealmente os procedimentos devem ser feitos na idade adulta pois durante a puberdade, por exemplo, o corpo ainda está sujeito à ação de hormônios sexuais que poderão impactar no posicionamento das estruturas da face.

Mas, claro, que, com muito bom senso, podem ser consideradas algumas exceções.




Pauline Lyrio Dermatologia - Vitória - ES

Tel.: (027) 3029-2222

WhatsApp: (027) 99707-0222

https://www.paulinelyrio.com.br